Publicidade

28 de Dezembro de 2013 - 14:19

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A polícia iraquiana entrou hoje na casa do parlamentar Ahmed al-Alwani para prender um irmão dele, mas a operação policial deu início a uma troca de tiros que resultou na morte do irmão do deputado e de cinco seguranças.

Segundo um major da polícia iraquiana, as forças de segurança foram recebidas com disparos de armas automáticas e granadas propelidas por foguete, dando início à troca de tiros. O episódio sucedeu em Ramadi, a oeste de Bagdá.

A ação policial contra o irmão do deputado, favorável a manifestantes contrários ao governo, ocorre em um momento de tensão e violência entre xiitas e sunitas no Iraque.

Além dos seis mortos, 18 pessoas ficaram feridas, inclusive dez policiais, disseram dois oficiais de polícia e um médico do hospital de Ramadi.

Segundo o Ministério da Defesa do Iraque, o alvo da operação era Ali al-Alwani, procurado para responder por acusações de "terrorismo".

Os policiais chegaram à casa do deputado por volta das 4h da manhã de hoje. Eles foram recebidos com disparos atribuídos aos irmãos Ahmed e Ali al-Alwani e aos capangas deles. Ao término do tiroteio, o parlamentar foi preso. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?