Publicidade

16 de Dezembro de 2013 - 19:25

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Um duplo atentado com carro-bomba e um ataque a tiros deixaram 34 muçulmanos xiitas mortos durante uma peregrinação religiosa no Iraque nesta segunda-feira, elevando a 70 o número de mortos em episódios de violência em diferentes partes do país e fazendo de hoje o dia mais sangrentos em quase dois meses.

O ataque mais grave ocorreu durante a noite em Al-Rasheed, um bairro da zona sul de Bagdá onde dois carros-bomba foram detonados durante a passagem de peregrinos xiitas que pretendiam viajar para Kerbala, deixando 23 mortos e 55 feridos.

Centenas de milhares de xiitas participam de peregrinações a Kerbala para a celebração do Arbaeen, um período de 40 dias de homenagens ao Imã Hussein, neto do profeta Maomé e uma das figuras mais reverenciadas do xiismo.

Mais cedo, homens armados abriram fogo contra um ônibus repleto de peregrinos em Mossul, deixando 11 mortos e oito feridos. Os peregrinos também pretendiam ir a Kerbala.

Mais 36 pessoas morreram em diversos outros atentados perpetrados nesta segunda-feira pelo país. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?