Publicidade

09 de Dezembro de 2013 - 15:19

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Chegou nesta segunda-feira a 140 o número de atletas contemplados pelo governo federal com a Bolsa Pódio. Nesta manhã, mais sete atletas receberam seus certificados, todos da canoagem velocidade, entre eles o campeão mundial Isaquias Queiroz e o ex-participante do Big Brother Brasil Fernando Fernandes, que compete na paracanoagem.

Fernando sofreu um acidente automobilístico em 2009 e ficou paraplégico. Menos de dois anos depois, já era campeão mundial de paracanoagem, modalidade que até então não era olímpica. Como ela vai estrear nos Jogos Paralímpicos do Rio/2016, o ex-BBB vai receber a Bolsa por conta das chances de medalha. Além dele, seus colegas de modalidade Marta Santos Ferreira e Luis Carlos Cardoso da Silva também foram contemplados.

Os outros quatro nomes vêm da canoagem velocidade, que ganhou um centro de treinamento no no Yacht Club Paulista, às margens da represa de Guarapiranga, em São Paulo, onde aconteceu a cerimônia desta segunda-feira. Ali treinam, entre outros, os contemplados Nivalter Santos, Ronilson Oliveira, Erlon de Souza Silva e Isaquias Queiroz.

"Com a Bolsa Pódio, poderemos assegurar um suporte adicional aos canoístas que mais se destacam em suas provas e se apresentam em condições de ajudar o Brasil e atingir a meta de medalhas para o Rio 2016", comentou o secretário de alto rendimento do ministério do Esporte, Ricardo Leyser.

Da canoagem slalom, modalidade disputada em rios de correnteza, nenhum atleta foi contemplado porque nenhum brasileiro aparece entre os 20 melhores do ranking mundial nem terminou entre os 10 primeiros no Mundial de Praga. Ana Sátila, que esteve nos Jogos de Londres, é 15.ª colocada no C1 (canoa para um), mas esta prova não está no programa olímpico do Rio.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?