Publicidade

29 de Dezembro de 2013 - 20:07

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Militares de Israel dispararam neste domingo várias bombas de artilharia em direção sul do Líbano, em retaliação contra um ataque com foguetes ocorrido mais cedo. Ambos os ataques atingiram áreas desabitadas de Israel e do Líbano, sem causar mortes ou danos, de acordo com autoridades dos dois países.

O governo israelense acusou o grupo militante Hezbollah pelo lançamento de foguetes e disse que novos ataques terão uma resposta mais dura.

A força de paz da ONU no sul do Líbano disse que dois foguetes disparados de El Khiam atingiram uma área aberta próxima à cidade israelense de Kiryat Shmona. O exército de Israel respondeu com 32 bombas de artilharia.

As tensões entre os dois países se intensificaram desde que soldados libaneses mataram um soldado israelense perto da fronteira, em 16 de dezembro.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, acusou o Hezbollah de envolvimento no lançamento dos foguetes. "O Hezbollah transporta milhares de foguetes e mísseis entre a população civil. Então, está cometendo um crime de guerra duplo, sob a proteção do governo líbio e de seu exército, que não fazem nada", disse. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?