Publicidade

19 de Janeiro de 2014 - 09:55

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A sérvia Ana Ivanovic reviveu neste domingo os seus melhores momentos no tênis, como quando liderou o ranking da WTA e venceu a edição de 2008 de Roland Garros. Em Melbourne, a número 14 do mundo voltou a ser protagonista ao eliminar a norte-americana Serena Williams, líder do ranking, nas oitavas de final do Aberto da Austrália com a vitória, de virada, por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/3, em 1 hora e 56 minutos.

Serena buscava o seu sexto título em Melbourne, mas acabou parando em Ivanovic, que tem o vice-campeonato de 2008 como o seu melhor resultado no Grand Slam australiano. Neste domingo, a sérvia derrotou a norte-americana pela primeira vez após perder os quatro duelos anteriores, em que não havia conseguido ganhar sequer um set.

Ivanovic conseguiu a primeira quebra de serviço da partida, no quinto game, mas Serena se recuperou em seguida. A norte-americana, então, voltou a converter um break point no décimo game e fechou a parcial em 6/4.

No segundo set, Ivanovic conseguiu nova quebra de serviço no quinto game, mas dessa vez não esmoreceu, obteve outra no nono game e empatou a partida ao vencer por 6/3. Embalada, a sérvia abriu 3/0 no começo do terceiro set, com um break convertido no segundo game, e não teve problemas para vencer novamente por 6/3, se classificando às quartas de final do Aberto da Austrália.

Para isso, ele somou 33 winners e 27 erros não-forçados na partida contra 31 equívocos e 22 bolas vencedoras de Serena. Assim, só teve o seu serviço ameaçado três vezes e o perdeu duas, ambas no primeiro set, além de ter convertido quatro de 14 break points.

Campeã do Torneio de Auckland, Ivanovic acumula nove vitórias seguidas e ainda não perdeu nesta temporada. Nas quartas de final, a sérvia vai encarar a canadense Eugenie Bouchard, de 19 anos. A número 31 do mundo frustrou a torcida local ao vencer a australiana Casey Dellacqua, 120ª colocada no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5/7), 6/2 e 6/0, em 1 hora e 43 minutos. Assim, Bouchard se tornou a primeira canadense a se classificar às quartas de final de um torneio do Grand Slam desde 1992.

Também neste domingo, a chinesa Na Li avançou no Aberto da Austrália com bem menos dificuldade do que na rodada anterior, quando precisou até salvar um match-point. Dessa vez, a número quatro do mundo e atual vice-campeã em Melbourne foi soberana e derrotou a russa Ekaterina Makarova, 22ª colocada no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/0, em apenas 59 minutos.

Na Li conseguiu cinco quebras de serviço na partida e não perdeu o seu saque sequer uma vez. Nas quartas de final, a chinesa vai encarar a italiana Flavia Pennetta, número 29 do mudo, que derrotou a alemã Angelique Kerber, nona colocada no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5, em 1 hora e 52 minutos.

Esta será a primeira vez que Pennetta, de 31 anos, disputará uma partidas pelas quartas de final do Aberto da Austrália. Seu retrospecto diante de Na Li está empatado em 2 a 2.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que campanha corpo-a-corpo ainda dá voto?