Publicidade

24 de Dezembro de 2013 - 03:25

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Com a melhora da economia do Japão e o aumento de suas receitas fiscais, o governo japonês espera diminuir o déficit orçamentário no ano fiscal que começa em abril de 2014.

De acordo com um projeto de orçamento divulgado nesta terça-feira, o déficit deve diminuir para 41,3 trilhões de ienes (US$ 400 bilhões) no ano fiscal que começa em abril do ano que vem, ou cerca de 8,3% do produto interno bruto (PIB). No ano fiscal atual, a expectativa é que o déficit seja de 42,9 trilhões de ienes.

A receita adicional de 4,5 trilhões de ienes proveniente do aumento do imposto sobre vendas a partir de abril será determinante para a redução do déficit.

O orçamento para o próximo ano fiscal prevê gastos totais de 95,9 trilhões de ienes, em comparação com 98,1 trilhões de ienes previstos para o ano fiscal atual. O Japão normalmente aprova uma série de orçamentos suplementares ao longo do ano.

Não há nenhuma garantia de que os gastos serão mantidos em 95,9 trilhões de ienes, especialmente se a economia perder força depois do aumento do imposto sobre vendas de 5% para 8% em abril do ano que vem.

De acordo com o projeto do orçamento para o próximo ano fiscal, os gastos na defesa vão aumentar na defesa (2,8%), nas obras públicas (12,9%) e na segurança social (4,8%). Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?