Publicidade

08 de Janeiro de 2014 - 17:29

Por - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Japão lançou no começo da semana o sistema de poupança individual Nippon (NISA, na sigla em inglês), que leva os cidadãos a colocarem dinheiro em ações, títulos e outros ativos para estimular o crescimento doméstico, em vez de apenas estacionar capital em contas bancárias regulares. Como forma de incentivo, o sistema é livre de impostos.

Impulsionado por uma intensa campanha de publicidade no ano passado, as novas contas de poupança parecem ter ganhado uma grande popularidade. Até 1º de outubro, a agência nacional de impostos do Japão havia recebido cerca de 3,580 milhões de solicitações de NISA em todo o país.

Os benefícios potenciais do sistema NISA podem ser profundos. O Japão tem mais de US$ 16 trilhões em economia das famílias, mas apenas cerca de 8% disso está exposto a ações - em comparação com 30% nos Estados Unidos.

A alta de 57% do índice Nikkei no ano passado tem estimulado as esperanças de que os indivíduos poderão começar a investir mais, como parte de uma melhoria mais ampla na confiança do consumidor, que vai estimular as pessoas a comprarem mais.

A perspectiva também é que este movimente ajude o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) a atingir sua meta de inflação de 2% em cerca de 2 anos e a conseguir tirar o país da deflação. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?