Publicidade

24 de Dezembro de 2013 - 06:22

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O governo do Japão não precisou usar a palavra "deflação" para descrever a economia do país pela primeira vez em quatro anos em seu relatório econômico mensal de dezembro divulgado nesta terça-feira.

"Esta é a primeira vez em muito tempo que não temos que citar a deflação no relatório. A palavra estava incluída no documento desde dezembro de 2009, quando o governo apontou para a queda nos preços em função da crise financeira global de 2008", explicou o governo no relatório. "A evolução recente dos preços indica que a deflação está sendo deixada para trás", completou.

Ainda assim, o gabinete do governo disse que mesmo com a palavra deflação fora do relatório, a guerra contra a queda de preços ainda não acabou.

"Os preços estão segurando firme, mas isso não significa que tenhamos saído deflação", disse um funcionário do governo japonês, acrescentando que tal avaliação seria baseada em vários fatores, incluindo indicadores como o índice de preços ao consumidor (CPI

No relatório, o governo manteve a sua avaliação estável sobre a economia global pelo quarto mês consecutivo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?