Publicidade

20 de Janeiro de 2014 - 11:29

Por AE-AP - Agencia Estado

Compartilhar
 

Ex-braço direito de Joseph Blatter, Jérôme Champagne anunciou oficialmente nesta segunda-feira a sua candidatura à presidência da Fifa na próxima eleição da entidade, marcada para acontecer em junho de 2015. Ex-vice-secretário geral do organismo que controla o futebol mundial, o francês de 55 anos de idade espera reunir forças para suceder o dirigente suíço, no comando desde 1998.

Ex-diplomata para França, Champagne deixou a Fifa em 2010, depois de 11 anos trabalhando para a entidade, e antes de entrar para o mundo do futebol atuou por quatro anos como vice-cônsul geral de seu país em Los Angeles, nos Estados Unidos. Ele também trabalhou como conselheiro diplomático e chefe de protocolo do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 1998, abrigada pela França, e se juntou à Fifa logo após Blatter ser eleito presidente.

No comando da Fifa há 16 anos, Blatter ainda não confirmou se lutará por um quinto mandato à frente da entidade, assim como o francês Michel Platini, hoje presidente da Uefa e possível aspirante ao cargo, não se lançou como candidato.

Ao oficializar a sua candidatura, Champagne disse que os slogans eleitorais de sua campanha serão os seguintes: "Esperança para o futebol, esperança para todos" e "Reequilibrar o jogo em um 21º século globalizado".

Se eleito, ele espera poder promover, entre outras coisas, a distribuição de poder para um maior número de clubes, evitando que a maior parte das receitas fique restrita aos times da elite das mais ricas ligas do mundo. "Precisamos de uma Fifa diferente, mais democrática, mais respeitada, que se comporta melhor e faz mais", afirmou Champagne, ao lançar a sua campanha.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor de fechamento de pista em trecho da Avenida Rio Branco para ciclovia nos fins de semana?