Publicidade

22 de Janeiro de 2014 - 19:06

Por Artur Rodrigues, Bruno Ribeiro e Fábio Leite - Agencia Estado

Compartilhar
 

A Justiça barrou um pedido da Controlar para que a empresa continuasse a prestar serviços de inspeção veicular em São Paulo. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira, 22, e foi tomada pelo juiz Paulo Bacaratti Filho, da 13ª Vara da Fazenda Pública. Com a decisão, a inspeção veicular deve ir apenas até o dia 31. "A ampliação da medida é inviável, pois a própria requerente já afirmou a impossibilidade cumprir os requisitos impostos pela lei nova", diz a sentença.

Bacaratti Filho afirma que "há apenas indícios a respeito da ocorrência de fatos capazes de motivar a interpretação defendida pela autora (Controlar)". O prefeito Fernando Haddad (PT) já afirmou que a capital paulista pode ficar sem a inspeção por alguns meses até que seja adotado um novo modelo. Pela nova lei, os motoristas estão isentos de pagar a taxa de inspeção. Automóveis novos não terão de passar pelo procedimento nos três primeiros anos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?