Publicidade

09 de Janeiro de 2014 - 20:01

Por Fabio Leite - Agencia Estado

Compartilhar
 

O juiz Daniel Ribeiro de Paula, da 2.ª Vara da Fazenda Pública de Santos (SP), concedeu nesta quinta-feira, 9, uma liminar suspendendo as obras do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) da Baixada Santista, em um trecho de 2,3 km na Avenida Francisco Glicério, entre o Canal 1 e a Avenida Conselheiro Nébias. A obra é promessa de campanha do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

O pedido foi feito em ação do Ministério Público, que contesta uma alteração no traçado original do corredor de 11 km que ligará São Vicente ao Porto de Santos até o fim do ano. A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), responsável pela obra, e Companhia Ambiental do Estado (Cetesb), que emitiu licenças, negam que houve mudança. O juiz determinou a suspensão da obra no trecho até a sentença final para evitar possível prejuízo aos cofres públicos e deu dez dias para a EMTU se explicar.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?