Publicidade

11 de Março de 2014 - 06:27

Por - Agencia Estado

Compartilhar
 

A ex-primeira-ministra e opositora do atual governo, Yulia Tymoshenko, foi libertada da prisão neste sábado, informou o porta-voz do partido do qual ela faz parte.

A libertação de Yulia ocorreu ao mesmo tempo em que o Parlamento da Ucrânia aprovou a destituição do presidente, Viktor Yanukovich, e a realização de novas eleições em 25 de maio. Ontem, os legisladores do país votaram pela anulação das penas da ex-primeira-ministra.

Yulia foi condenada a 7 anos de prisão em 2011, sob acusação de corrupção em um contrato de fornecimento de gás com a estatal russa Gazprom. Partidários dela acusam o governo de abuso de poder com sua prisão, que é vista como um caso de vingança política. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Governo federal deve refinanciar as dívidas dos clubes de futebol?