Publicidade

06 de Janeiro de 2014 - 16:49

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A Lotus revelou nesta segunda-feira que não irá participar do primeiro teste coletivo da pré-temporada da Fórmula 1, marcado para começar no dia 28 de janeiro, em Jerez de la Frontera, na Espanha. A equipe explicou que ainda precisa de mais tempo para desenvolver o novo carro antes de colocá-lo na pista.

Assim, a estreia do novo carro da Lotus foi adiada para o segundo teste coletivo da pré-temporada, que acontece a partir do dia 19 de fevereiro, no Bahrein - o campeonato de 2014 da Fórmula 1 terá início em 16 de março, com a disputa do GP da Austrália, em Melbourne, a primeira das 19 etapas do calendário.

"Vamos manter o nosso carro em segredo um pouco mais do que as outras equipes. Decidimos que ir ao teste em Jerez não é o ideal para o nosso programa de desenvolvimento", afirmou o diretor técnico da Lotus, Nick Chester. "No Bahrein, poderemos colocar o carro em boas condições", completou.

Depois de terminar a temporada passada em quarto lugar no Mundial de Construtores, superando a poderosa McLaren - ficou atrás apenas de Red Bull, Mercedes e Ferrari -, a Lotus perdeu seu principal piloto para o campeonato de 2014: o finlandês Kimi Raikkonen, que foi para a Ferrari.

O substituto de Raikkonen na Lotus é o venezuelano Pastor Maldonado, que estava na Williams. Enquanto isso, o francês Romain Grosjean continua na equipe, depois da boa performance na reta final da última temporada, que o deixou em sétimo lugar no Mundial de Pilotos, com 132 pontos somados.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?