Publicidade

11 de Dezembro de 2013 - 10:13

Por Daniel Batista - Agencia Estado

Compartilhar
 

O zagueiro Lúcio espera por uma proposta do Palmeiras para poder, enfim, negociar sua liberação com a diretoria do São Paulo. O jogador recebeu várias sondagens, mas nada de oficial. Por isso ele ainda não definiu que rumo tomar.

O jogador foi sugerido por Paulo Nobre e inicialmente Gilson Kleina não gostou da ideia, mas foi convencido a aceitar o zagueiro de 35 anos, dentre outros motivos, pelo fato da negociação com Vilson estar bem complicada.

Lúcio tem interesse em defender o Palmeiras, mas sabe que ainda tem um longo caminho até conseguir um acerto. Ele tem contrato até dezembro de 2014 e o São Paulo está disposto a se livrar dele, mas desde que algum clube aceite pagar seu salário integral, que atualmente é de R$ 500 mil.

Para o jogador, receber contrato de produtividade não é um problema, já que recebeu durante muitos anos desta forma, no futebol europeu. A questão é o quanto será o salário fixo pago pelo Palmeiras.

Além disso, outro fator que pode dificultar a negociação é a possibilidade de o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, resolver vetar a negociação pela rivalidade com o time alviverde.

Além do São Paulo, Lúcio tem outras propostas e seu objetivo é decidir onde vai jogar em 2013 antes de acabar o ano. Certo é que Lúcio não joga mais no São Paulo.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?