Publicidade

13 de Dezembro de 2013 - 01:30

Por Ricardo Della Coletta, Débora Álvares e Daiene Cardoso - Agencia Estado

Compartilhar
 

Mesmo com militantes do PT defendendo a anulação do processo do mensalão e pedindo que os condenados na ação sejam "defendidos", o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não comentou nesta quinta-feira, 12, o julgamento do Supremo. "Eu tenho dito publicamente, para a imprensa, que não falarei da ação 470 (mensalão) enquanto não terminar a última votação", disse Lula, em discurso na abertura do quinto Congresso do PT, em Brasília. "É uma decisão minha, prudente, e acho que temos coisa a discutir pela frente", afirmou o ex-presidente.

Por último, Lula também criticou a cobertura da imprensa em relação à sua sucessora, Dilma Rousseff, que participa do congresso.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?