Publicidade

05 de Janeiro de 2014 - 19:24

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Familiares, vizinhos e populares acompanharam o sepultamento de Iris Stefane Martins Cardoso, de 8 anos, ocorrido no final da manhã deste domingo em Mococa (SP). A criança foi encontrada morta no sábado (4) com uma facada no peito em um terreno baldio perto de sua casa.

A mãe, de 36 anos, e o padrasto, de 27 anos, foram presos como principais suspeitos de terem cometido o crime. O casal nega qualquer envolvimento, mas marcas de sangue na casa reforçam a tese da polícia. Eles alegam que estavam dormindo quando a menina sumiu, mas em seu quarto havia três toalhas e um lençol sujos de sangue.

Vizinhos tentaram linchar os suspeitos após o crime, mas a intervenção da polícia evitou que o ato ocorresse. O delegado Wanderley Fernandes Martins Junior disse ter causado estranheza a forma fria como o casal se comportou ao saber da morte da filha. Apesar da suspeita, ele diz que as investigações ainda estão em andamento e vão apontar com mais precisão quem matou a criança. Parentes contaram que o casal não vivia bem e o padrasto já teria ameaçado matar a menina e outras filhas da mulher.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está evitando contrair dívidas maiores em função da situação econômica do país?