Publicidade

16 de Dezembro de 2013 - 16:22

Por Laís Alegretti e Adriana Fernandes - Agencia Estado

Compartilhar
 

O secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto, afirmou nesta segunda-feira, 16, que o crescimento do número de declarações de Imposto de Renda retidas na malha fina neste ano se deve ao aumento do próprio número de contribuintes. Neste ano, 711.309 declarações com a expectativa de imposto a restituir ficaram retidas na malha. No ano passado, foram 604.299.

Sobre o pagamento do sétimo lote em duas datas diferentes, 16 e 20 de dezembro, Barreto afirmou que não houve um critério de liberação e que a diferença é de apenas quatro dias. A previsão da Receita é que neste dia 16 sejam pagas as restituições para 467.825 contribuintes e, no dia 20, para 1.714.083 contribuintes.

Barreto esclareceu ainda que a declaração de imposto de renda preenchida previamente será oferecida pela Receita Federal no ano que vem apenas para quem tem certificação digital. "Trabalharemos outros mecanismos para que um universo maior de contribuintes tenha sua declaração preenchida também", afirmou, em relação aos anos seguintes.

Segundo a Receita, será implementada em 2014 a primeira fase do processo, quando apenas os contribuintes que possuem certificado digital, cerca de um milhão de pessoas, poderão ter acesso à declaração pré-preenchida. O Fisco informou que a decisão de escalonamento da implantação do projeto foi tomada "em razão das questões de segurança que envolvem esse tipo de mudança".

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?