Publicidade

19 de Dezembro de 2013 - 10:50

Por - Agencia Estado

Compartilhar
 

Manifestantes contrários ao governo voltaram às ruas nesta quinta-feira e transformaram partes do centro da capital Bangcoc num local de piquenique numa tentativa de retirar a primeira-ministra Yingluck Shinawatra do cargo.

Líderes do protesto levaram embalagens com arroz e carne de porco, distribuídas na intersecção Asok, uma das mais movimentadas da cidade. Os manifestantes disseram que a demonstração de hoje foi um exercício de aquecimento para um protesto maior, marcado para domingo.

Yingluck dissolveu o Parlamento na semana passada e convocou eleições antecipadas para 2 de fevereiro, numa tentativa de aliviar o impasse político que teve início algumas semanas atrás.

O líder dos manifestantes, Suthep Thaugsuban, que foi vice-primeiro-ministro, exige que Yingluck - que continua no poder como premiê interina -, deixe o cargo antes das eleições. Ele quer a criação de um "conselho popular", não eleito, para supervisionar reformas políticas e econômicas antes de o pleito ser realizado.

Os manifestantes acusam Yingluck de ser representante de seu irmão bilionário, o ex-primeiro-ministro Thaksin Shinawatra, que vive em autoexílio para não cumprir uma sentença de prisão por corrupção, mas ainda têm bastante influência no país.

A Tailândia tem registrado alguns episódios violentos de conflito político desde que Thaksin foi derrubado por um golpe militar em 2006, após ser acusado de corrupção e abuso de poder. Os manifestantes dizem que a política tailandesa se mantém irremediavelmente corrupta sob a contínua influência de Thaksin. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você pretende substituir o ovo de Páscoa por outros produtos em função do preço?