Publicidade

20 de Janeiro de 2014 - 08:13

Por Vítor Marques - Agencia Estado

Compartilhar
 

Depois da vitória sobre a Portuguesa na estreia, Mano Menezes pediu um pouco mais de tempo para que se faça algum juízo de valor deste novo Corinthians que ele está montado a partir das peças que já estavam no clube. Segundo o treinador, é preciso repetir a escalação pelo menos na próxima rodada, quarta-feira, contra o Paulista, em Americana.

Ele quer dar mais chance ao lateral-esquerdo Uendel e ao meia Rodriguinho, dois jogadores que foram titulares neste domingo e que são considerados as apostas deste início de temporada. O técnico disse que gostou sobretudo do primeiro tempo diante da Portuguesa, porque o Corinthians soube se impor e sair jogando com a bola nos pés.

O que fez de diferente, segundo ele, foi colocar mais um meia em detrimento a um atacante. Contra a Portuguesa, Mano armou um meio de campo com Rodriguinho centralizado e Danilo mais aberto pela esquerda, enquanto Romarinho jogou pela direita. "Considero que é mais fácil um meia virar atacante do que um atacante virar meia. Acho que a equipe produziu bem ofensivamente, além de ganhar uma boa opção pelo lado (esquerdo)", afirmou o treinador.

Pelas alterações que ele fez no segundo tempo, ficou claro que, num primeiro momento, Emerson vai brigar por posição com Romarinho, Alexandre Pato fará o mesmo com Guerrero e Douglas disputa com Rodriguinho. Assim, Mano não muda o esquema de jogo, o 4-2-3-1, mesmo trocando os jogadores.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?