Publicidade

09 de Dezembro de 2013 - 09:49

Por Fábio Hecico - Agencia Estado

Compartilhar
 

O retorno de Mano Menezes ao Corinthians não será tão fácil como ele imagina. Com carta branca para renovar o elenco, o novo treinador terá de ter muito jogo de cintura para tratar com os veteranos e até mesmo com alguns novatos como Romarinho, inicialmente fora dos planos. Isso pelo fato de os "dispensáveis" já adotarem o coro de que não têm motivos para sair.

Todos amarrados com contratos de ao menos mais seis meses, Emerson, Douglas, Danilo, Ibson e Romarinho usam do discurso de que querem ficar e brigar por vaga no novo Corinthians. Bem instruídos por seus agentes, os jogadores sabem que não podem apenas serem mandados embora. Para abrir mão de Emerson, por exemplo, o clube teria de desembolsar nada menos de R$ 5 milhões para honrar o compromisso firmado até junho de 2015, valores estes divididos entre salários e direito de imagem.

"As coisas não são tão simples assim. Se os jogadores renovaram contrato recentemente, é porque têm condições de jogar. Claro, isso é com a diretoria de futebol, mas não é lógico um jogador renovar por dois anos em junho e dois meses depois não servir para nada", afirmou o diretor financeiro do Corinthians, Raul Corrêa da Silva. "Ninguém desaprende a jogar da noite para o dia."

O diretor fala baseado no lado financeiro. O rompimento de contrato prevê pagamentos de multa e o cumprimento de todo o valor acordado. Por isso, Emerson já disse que "não vê motivos para sair". Ele gostaria de se aposentar no clube, apesar de ter perdido o crédito com os torcedores. Danilo também recusou proposta do Goiás. Enquanto Romarinho já avisou: "Agora é pensar na próxima temporada. Temos de fazer tudo diferente, um trabalho bem melhor. Mas vamos aguardar as decisões da diretoria".

Substituto de Tite, em contratação que será oficializada nesta semana, Mano Menezes seria o responsável por "limpar o elenco". Ele já passou alguns nomes com os quais pretende trabalhar e a direção pediu que conduzisse os cortes no grupo. De certo, apenas, que os contratos de Maldonado e Zizao não serão renovados.

O novo comandante deve chegar nesta terça-feira e já definir quem se reapresenta no dia 6 de janeiro. É possível que alguns voltem apenas pelo contrato firmado. Emerson, Danilo e Douglas poderiam passar pelo constrangimento de treinar em separado enquanto o Corinthians tenta achar clubes a eles.

Emerson já foi oferecido ao Vasco como parte de pagamento por uma possível chegada de Marlone, mas o clube carioca não se animou com a oferta. Douglas está sendo convencido de que seria bom ele aceitar uma oferta do Grêmio. Já Romarinho será negociado para quem fizer oferta e Danilo, com apenas mais seis meses de vínculo, deve ser dispensado e receber a multa.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?