Publicidade

05 de Dezembro de 2013 - 19:25

Por Gustavo Porto - Agencia Estado

Compartilhar
 

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse, nesta quinta-feira, 5, que o crescimento brasileiro em 2014 depende, em parte, do comportamento da economia mundial. "2013 foi um ano ruim para a economia mundial, mas os Estados Unidos estão em recuperação, a economia da União Europeia, que bateu no fundo do poço, está se recuperando e a própria China está melhorando", disse o ministro após participar de uma palestra do Banco JP Morgan, em São Paulo, fechada à imprensa.

O ministro considerou que 2014 será "o ano da virada da crise que começou em 2008". A saída da crise, passa, segundo Mantega, pela retomada do comércio internacional. "As empresas brasileiras, tirando a parte do agronegócio, que vai muito bem, de manufaturados vão mal porque não têm para quem exportar", disse.

Na avaliação de Mantega, as empresas do País terão um câmbio mais favorável em 2014, cenário de melhora que já começou neste ano, e ganharão competitividade. O ministro destacou também a melhoria no comércio varejista por causa da liberação do 13º salário e, principalmente, devido à queda da inadimplência do consumidor. "O consumidor está voltando gradualmente ao consumo e o setor financeiro está começando a liberar crédito, que estava apertado ao consumidor", explicou.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?