Publicidade

30 de Dezembro de 2013 - 01:34

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O porta-voz de uma das milícias da Líbia que interrompeu a maioria dos terminais de petróleo do país por meses ameaçou suspender as entregas de gás natural à capital do país, Trípoli.

O porta-voz, que não se identificou, disse em pronunciamento televisionado no domingo que o governo tem 48 horas para retomar o pagamento de salários ao grupo, que esteve originalmente a cargo da segurança das instalações de petróleo e gás no leste do país.

O grupo já fechou terminais de petróleo e demandou mais autonomia e uma porcentagem maior nas receitas de petróleo para a região. Desde então, o governo interrompeu o pagamento dos salários da milícia e ameaçou usar a força para retomar o fluxo de exportações de petróleo. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?