Publicidade

10 de Dezembro de 2013 - 19:55

Por Eduardo Bresciani - Agencia Estado

Compartilhar
 

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou que o Estado brasileiro precisa de uma "política firme" sobre segurança nos estádios. O governo federal coordenará na quinta-feira uma reunião sobre o tema com entes estaduais e entidades esportivas. O encontro foi convocado após a violenta briga entre torcedores de Vasco e Atlético-PR no último domingo, em Joinville (SC), em jogo da última rodada do Campeonato Brasileiro.

"Acho muito importante que o Estado brasileiro, seja no âmbito federal ou estadual, possa ter uma política firme em relação a isso", disse o ministro da Justiça, ao revelar que o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, coordena a realização de uma reunião na quinta-feira sobre o assunto.

O ministro da Justiça ressaltou ainda que a questão de segurança nos estádios já foi tratada em relação à Copa do Mundo de 2014, que acontecerá no Brasil, mas que a situação dos campeonatos nacionais merece uma "reflexão profunda" do governo.

Aldo Rebelo também voltou a falar sobre o tema nesta terça-feira, assim como já tinha feito no dia anterior. Segundo ele, o ocorrido no jogo entre Vasco e Atlético-PR foi uma tentativa coletiva de homicídio. "Houve ali uma tentativa coletiva de homicídio, que deveria resultar em prisão ampla dos envolvidos", disse o ministro do Esporte, que defendeu a criação de uma delegacia do torcedor, o que havia sido defendido anteriormente pela presidente Dilma Rousseff.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?