Publicidade

18 de Dezembro de 2013 - 16:43

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Depois de terem disputado o terceiro lugar na edição passada do Mundial de Clubes, há um ano, no Japão, Monterrey e Al Ahly voltaram a se enfrentar nesta quarta-feira, dessa vez valendo a quinta colocação da competição organizada pela Fifa. E o time mexicano novamente levou a melhor, ao ganhar por 5 a 1 do adversário egípcio, em Marrakesh, no Marrocos.

Como foram eliminados nas quartas de final, disputadas no sábado, os dois times entraram em campo nesta quarta-feira para ver quem terminava o Mundial em quinto lugar. O Al Ahly vinha de derrota para o Guangzhou Evergrande, que acabou perdendo depois para o Bayern de Munique. E o Monterrey caiu diante do Raja Casablanca, adversário do Atlético-MG nas semifinais.

No jogo desta quarta-feira, na preliminar de Atlético-MG x Raja Casablanca pelas semifinais, o Monterrey não teve dificuldades para derrotar o Al Ahly, assim como já tinha feito na decisão do terceiro lugar do último Mundial, quando venceu por 2 a 0. O destaque do confronto em Marrakesh foi o atacante argentino Cesar Delgado, autor de dois gols.

O Monterrey abriu o placar logo aos três minutos, com o meia-atacante argentino Neri Cardozo. O Al Ahly ainda tentou esboçar uma reação, após Meteab empatar o jogo aos oito. Mas o time mexicano terminou o primeiro tempo vencendo por 4 a 1 - Cesar Delgado, o defensor mexicano Leobardo Lopez e o atacante chileno Humberto Suazo fizeram os gols.

Aí, com o resultado praticamente garantido, o Monterrey ainda ampliou a vantagem na segunda etapa. Cesar Delgado voltou a marcar gol, aos 20 minutos, e definiu o placar. Assim, o time mexicano se despediu do Mundial com uma vitória. E o Al Ahly vai embora para o Egito somando duas derrotas em dois jogos disputados no Marrocos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?