Publicidade

05 de Dezembro de 2013 - 10:34

Por Thiago Moreno - Agencia Estado

Compartilhar
 

Após negociação com policiais, os moradores da Vila Andrade, na zona sul de São Paulo, decidiram na manhã desta quinta-feira, 05, permitir a conclusão do mandado de reintegração de posse do local. As cerca de 200 pessoas que moram na comunidade começam, agora, a retirar seus pertences.

Eles liberaram a Avenida Guilherme Dumont Vilares e a Rua Doutor Soter de Faria, que bloqueavam desde as 06h. Em protesto contra o cumprimento pela Polícia Militar da ordem de reintegração de posse, os manifestantes atearam fogo em pneus, madeiras e sofás para atrapalhar a atuação dos policiais.

O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) publicou nesta quarta-feira, 04, em redes sociais seu apoio à causa dos moradores da Vila Andrade. Segundo o grupo, a comunidade é composta por 57 famílias que moram há mais de 40 anos na região. "Não se trata de uma ocupação, já que os moradores pagaram pelo terreno", argumentam.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?