Publicidade

11 de Março de 2014 - 06:44

Por Thaise Constancio - Agencia Estado

Compartilhar
 

O italiano Arduíno Colassanti morreu após sofrer uma parada cardíaca neste sábado, 22, aos 78 anos, em Niterói, região metropolitana do Rio. Colassanti foi um dos pioneiros do surfe no Brasil e atuou em 40 filmes no Cinema Novo.

Ele estava internado no Hospital Universitário Antônio Pedro com fortes dores no peito e passaria por uma cirurgia na sexta-feira, 21. No entanto, na quarta-feira, 19, pegou uma infecção hospitalar e teve uma parada cardíaca.

O corpo de Colassanti será velado nesta segunda-feira, 24, mas ainda não há informações sobre local e horário.

Nascido em 1936 na cidade de Livorno, na Itália, Colassanti veio para o Brasil aos 11 anos com a família. Na praia do Arpoador, em Ipanema, zona sul do Rio, pegou as primeiras ondas e fez diversos estudos para criar a prancha de fibra de vidro e resina.

No cinema, ficou famoso com os filmes de Nelson Pereira dos Santos. Estreou em "El Justiceiro", de 1967, e fez o primeiro nu frontal do País na produção "Como era gostoso o meu francês", de 1971.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Governo federal deve refinanciar as dívidas dos clubes de futebol?