Publicidade

10 de Março de 2014 - 21:51

Por Felipe Werneck - Agencia Estado

Compartilhar
 

O motorista Luiz Fernando da Costa, de 31 anos, condutor do caminhão que derrubou uma passarela da Linha Amarela e matou cinco pessoas na terça-feira, 28, na zona norte do Rio, falava ao celular no momento do acidente. Costa admitiu isso ao delegado Fábio Asty, da 44ª DP (Inhaúma), que nesta quarta tomou novo depoimento do motorista.

Em conversa informal ocorrida na véspera, Costa disse não ter percebido que a caçamba do caminhão estava levantada. Afirmou ainda que sabia não poder trafegar na Linha Amarela com aquele tipo de veículo àquela hora (9h13), mas ter optado pela via porque estava atrasado. O motorista contou também que estava a 85 km/h no momento do acidente. A velocidade máxima na pista da direita é de 80 km/h.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que campanha corpo-a-corpo ainda dá voto?