Publicidade

20 de Janeiro de 2014 - 11:29

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Após ver o São Paulo cair por 2 a 0 diante do Bragantino, na tarde deste domingo, em Bragança Paulista, na estreia do Paulistão, o técnico Muricy Ramalho admitiu que o seu time não teve uma boa atuação, mas apontou que o forte calor atrapalhou a sua equipe, cuja condição física ainda não é a ideal neste início de temporada.

"Não é desculpa, mas faz um calor insuportável nessa época do ano. Os jogadores sofreram muito com a temperatura. Em todos os estaduais os grandes sofrem muito. Os outros times (do interior) levam vantagem pela preparação, ainda mais nessa época do ano, com um calor insuportável. Nosso time sofreu muito com isso", ressaltou o comandante.

O treinador, entretanto, já cobrou evolução do time para a partida desta quarta-feira, contra o Mogi Mirim, às 22 horas, no Morumbi, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. "Tivemos posse de bola, mas faltou profundidade e finalização. Era uma coisa esperada. No começo da temporada os jogadores sofrem muito com a temperatura. Mas temos de melhorar. Não jogamos bem. Tivemos muitas bolas de lado e pouca profundidade", lamentou, em entrevista coletiva.

Muricy também reconheceu que o atacante Cesinha foi decisivo ao acertar um lindo chute de longa distância, no início do segundo tempo, esfriando então as tentativas de reação da equipe tricolor, que já perdia por 1 a 0. "O Bragantino também foi feliz nas finalizações. O cara acertar um chute daquele de fora da área é bonito, porque faz temos que não vemos algo assim. Mas precisamos melhorar, sim", repetiu.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?