Publicidade

03 de Dezembro de 2013 - 05:48

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, disse nesta terça-feira que nada havia sido decidido sobre a quantidade de títulos indexados à inflação que serão emitidos no próximo ano fiscal, respondendo aos relatos da imprensa de que o governo deverá duplicar a quantidade dos títulos no ano fiscal que se inicia em abril do ano que vem.

"Nenhuma decisão foi tomada em ambos os sentidos. Não decidimos se aumentamos ou diminuímos a quantidade de títulos indexados à inflação que serão emitidos no próximo ano fiscal", afirmou Aso.

O Japão retomou a emissão de obrigações indexadas à inflação em outubro, após um intervalo de cinco anos para atender ao crescente interesse de investidores em proteger a inflação enquanto o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês)pretende atingir a meta de inflação de 2% em cerca de dois anos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?