Publicidade

03 de Dezembro de 2013 - 17:10

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Mesmo em situação muito complicada na luta para permanecer na Série A do Campeonato Brasileiro, o Fluminense se apega a seu histórico recente para seguir confiando. O Atual campeão brasileiro se notabilizou nos últimos anos por grandes viradas em campo, que lhe renderam o apelido de "time de guerreiros" dado pela torcida em 2009, quando matemáticos chegaram a dizer que a equipe tinha 98% de chances de cair, mas acabou ficando na elite.

"Não tem como alguém duvidar do Fluminense. Estamos confiantes de que temos totais condições de conseguir ficar na primeira divisão", declarou o volante Edinho, que chegou ao clube em 2011 e é um dos remanescentes da conquista da temporada passada.

Na 18.ª colocação da tabela, com 43 pontos, o Fluminense precisa vencer o Bahia na Arena Fonte Nova, no domingo, pela última rodada do Brasileirão, e torcer por tropeços do Coritiba e do Vasco. Só assim, seguirá na Série A. Mesmo com a probabilidade jogando contra, Edinho ainda acredita.

"Não queríamos estar passando por este momento, mas estamos focados para sair desta situação. Temos chances ainda e por isso vamos buscar o melhor resultado para a gente e torcer. Sabemos que o torcedor está muito chateado, mas precisamos do apoio deles. Temos de nos unir e treinar bem para chegar bem no final de semana", disse.

Nesta terça-feira, o técnico Dorival Júnior comandou um trabalho com bola na Urca. Ele dividiu o elenco em três equipes, que se alternavam em uma atividade com campo reduzido. O goleiro Cavalieri, ainda se recuperando de corte na mão direita, foi poupado.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?