Publicidade

08 de Janeiro de 2014 - 20:01

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Autoridades da Etiópia afirmaram hoje que as negociações de paz no Sudão do Sul estão paralisadas em função das discussões sobre prisioneiros políticos. A violência no país se intensificou desde o dia 15 de dezembro, quando o presidente sudanês Salva Kiir alegou que o ex-vice-presidente Riek Machar tentou dar um golpe de estado. Machar exige a libertação de 11 detidos pelo governo.

Dois funcionários do governo etíope descreveram as conversas como "indo e vindo", depois que o enviado especial do bloco de países do Leste Africano viajou ao Sudão do Sul para negociar a questão dos presos. O presidente Kiir disse que só liberará os presos depois dos procedimentos judiciais. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?