Publicidade

10 de Dezembro de 2013 - 20:25

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A nevasca que caiu em Istambul nesta terça-feira impediu que a partida entre Galatasaray e Juventus, pela última rodada do Grupo B da Liga dos Campeões, pudesse terminar. Ainda no primeiro tempo do confronto, quando o placar apontava 0 a 0, o árbitro Pedro Proença suspendeu a partida por falta de condições no gramado. Cerca de meia hora depois, o duelo foi oficialmente adiado.

Com isso, Galatasaray e Juventus se enfrentarão nesta quarta-feira, às 10 horas (de Brasília). O duelo decisivo para ambas as equipes, que brigam pela segunda vaga da chave às oitavas de final, acontecerá no mesmo estádio, o Ali Sami Yen Spor Kompleksi, na Turquia.

A neve começou a cair já nos primeiros minutos do jogo e se intensificou na metade do primeiro tempo, obrigando o árbitro a paralisá-lo. As duas equipes, então, foram para o vestiário, enquanto funcionários tentavam limpar o gramado. Como a nevasca não parou, Pedro Proença conversou com os capitães das duas equipes e a decisão por adiar a partida foi unânime.

Com este confronto ainda a ser realizado, a Juventus é a vice-líder do Grupo B, com seis pontos, e precisa apenas de um empate para ir às oitavas, já que o Galatasaray, terceiro, tem quatro pontos.

REAL VENCE - Mesmo já classificado às oitavas de final da Liga dos Campeões e com a primeira colocação do Grupo B garantida, o Real Madrid entrou com o time completo em campo nesta terça-feira e não deu chances para o Copenhague. Apesar de estar atuando na Dinamarca, os espanhóis venceram por 2 a 0, com gols de Modric e Cristiano Ronaldo, que ainda perdeu um pênalti no fim.

Apesar do pênalti perdido, Cristiano Ronaldo escreveu um pouco mais seu nome na história da Liga dos Campeões, batendo o recorde de gols na fase de grupos de uma edição. Nesta terça ele marcou seu nono gol na competição, superando Zlatan

O resultado desta terça levou o Real a 16 pontos, invicto na primeira fase e sem problemas para passar às oitavas como líder da chave. Por outro lado, o Copenhague, que poderia ainda brigar por um lugar na Liga Europa, desperdiçou a chance e encerrou sua campanha como lanterna do grupo, com quatro pontos.

Mesmo com o Copenhague precisando da vitória, foi o Real Madrid que foi para cima nesta terça e abriu o placar aos 25 minutos, com um golaço de Luka Modric. O meia recebeu na intermediária, driblou o marcador cortando para o pé direito e arriscou de fora da área, no ângulo do goleiro.

O Copenhague chegou a ter um gol anulado pelo árbitro, que viu falta em Casillas no lance, e o Real Madrid se aproveitou para selar o placar na etapa final. Logo aos três minutos, Marcelo cruzou, Pepe ajeitou e Cristiano Ronaldo encheu o pé para marcar. O português ainda desperdiçou grande chance de marcar o terceiro ao cobrar pênalti fraco, em cima do goleiro, que espalmou.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?