Publicidade

11 de Março de 2014 - 05:20

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O norueguês Ole Einar Bjoerndalen se tornou nesta quarta-feira o maior medalhista da história dos Jogos Olímpicos de Inverno. Ao ganhar ouro na prova do revezamento misto do biatlo em Sochi, junto com seus compatriotas Emil Hegle Svendsen, Tiril Eckhoff e Tora Berger, ele passou a somar 13 pódios na carreira olímpica, um recorde da competição.

Para atingir o recorde, Bjoerndalen já tinha conquistado uma medalha nos Jogos de Sochi. Logo no começo da competição na Rússia, no dia 8 de fevereiro, ele ganhou ouro na prova de sprint do biatlo (combinação de esqui cross country e tiro). Agora, foi novamente campeão olímpico, dessa vez no revezamento misto, e virou o maior da história.

Até então, o recorde de pódios nos Jogos de Inverno pertencia ao também norueguês Björn Daehlie, que ganhou 12 medalhas nas provas de esqui cross country nos Jogos de Albertville/1992, Lillehammer/1994 e Nagano/1998 - foram oito de ouro e quatro de prata. Mas Bjoerndalen, atualmente com 40 anos, superou agora a marca histórica do seu compatriota.

Desde a sua estreia na edição de Nagano em 1998, Bjoerndalen já somou oito medalhas de ouro, quatro de prata e uma de bronze. E ele ainda pode aumentar o recorde em Sochi, pois deve disputar mais uma prova, o revezamento masculino do biatlo, marcado para acontecer no sábado, penúltimo dia de competições dos Jogos de Inverno na Rússia.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que campanha corpo-a-corpo ainda dá voto?