Publicidade

29 de Dezembro de 2013 - 19:36

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A revista alemã Der Spiegel revelou neste domingo os métodos de operação de uma unidade da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA). De acordo com a publicação, a divisão da NSA conhecida como Operações de Acesso Adaptado (TAO, na sigla em inglês) intercepta entregas de computadores, explora vulnerabilidades de hardware e até acessa um sistema interno da Microsoft para espionar seus alvos.

A TAO é descrita como uma equipe de elite de hackers especializada em obter dados dos alvos mais difíceis. Citando documentos internos da NSA, a revista disse que a missão da TAO é "conseguir o impossível". Segundo um funcionário de inteligência não identificado e citado pela Der Spiegel, a unidade conseguiu reunir "algumas das informações mais significativas que este país já viu".

A revista disse que a TAO possui uma série de aparelhos de alta tecnologia, como cabos de monitor capazes de gravar o que está sendo digitado e pen drives com transmissores de rádio. Além disso, a TAO recorre a vírus e também se aproveita de falhas em software e hardware distribuídos por empresas como Cisco Systems e Huawei Technologies, de acordo com a publicação.

Caso um alvo da NSA compre um computador ou outro acessório eletrônico, a TAO pode entrar em contato com aliados no FBI e na CIA, interceptar o equipamento em trânsito e levá-lo a uma oficina secreta onde ele pode ser modificado com software de espionagem antes de seguir para seu destino. A interceptação de computadores é uma das operações mais produtivas da NSA, segundo a Der Spiegel.

A publicação também revelou que os hackers da TAO conseguiam acessar o sistema de comunicação de problemas da Microsoft, conhecido por usuários de Windows como a caixa de diálogo que aparece na tela quando um programa trava, por exemplo. Segundo a revista, a NSA acessava esses relatórios para ajudar espiões a invadir computadores que utilizavam o sistema operacional.

A Der Spiegel não revelou como obteve os documentos da NSA, embora já tenha publicado matérias baseadas em informações vazadas por Edward Snowden. Um dos principais contatos de Snowden, a diretora de documentários Laura Poitras, é creditada como um dos seis autores da matéria deste domingo. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?