Publicidade

16 de Dezembro de 2013 - 09:53

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O presidente em exercício do Santos, Odílio Rodrigues, afirma que o titular licenciado do cargo por problemas de saúde, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, não faz previsões sobre quando deve retomar as atividades no clube. Em agosto, o dirigente pediu o afastamento do pelo período de um ano.

"Eu mantenho contato telefônico com ele, que é pessoa com quem aprendi quando convivi. Ele está melhorando bastante, continua em tratamento, nunca falou para mim sobre voltar", disse Odílio, em entrevista à Rádio Globo. "A licença vai até o meio do ano que vem. Por direito, o cargo pertence a ele, essa é uma decisão pessoal dele, não compete a mim julgar", completou.

Em 2013, o presidente pediu afastamento para cuidar da saúde depois de sofrer um enfarte e complicações pulmonares. Luis Alvaro completa 71 anos nesta segunda-feira e assumiu o Santos em 2010. Sob a sua liderança, o clube ganhou seis títulos. Fora dos gramados, alterou a política do clube ao mudar o estatuto, criando o Comitê de Gestão e limitando as reeleições.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?