Publicidade

17 de Dezembro de 2013 - 10:35

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A chapa oposicionista para eleição do São Paulo no ano que vem realizou na noite desta segunda-feira, em um restaurante no bairro do Morumbi, um evento para discutir propostas e fortalecer o nome de Kalil Rocha Abdalla à presidência do clube em 2014. O encontro contou com conselheiros vitalícios e sócios. Segundo a organização, cerca de 800 pessoas marcaram presença.

Com direito a hino do clube - o São Paulo comemorou sua refundação neste dia 16 - e vídeo da final do Mundial de 1993 contra o Milan, a reunião teve promessas de maiores investimentos no futebol e contratação de reforços de peso caso Kalil seja eleito.

"Pretendo investir mais e trazer jogadores de certo nome, mas as pessoas que decidirão isso serão meu treinador e meu superintendente", afirmou Kalil, que tem ao seu lado na chapa o ex-superintendente Marco Aurélio Cunha, ex-aliado do presidente Juvenal Juvêncio e agora uma das vozes mais estridentes da oposição.

Além das promessas, o evento da 'SPFC forte' teve como propósito apresentar algumas propostas de Kalil e também serviu de palco para duras críticas contra o final de mandato de Juvenal. Tanto o candidato quanto Marco Aurélio frisaram que o São Paulo se perdeu de seus valores de transparência e democracia.

Segundo estimativas dos oposicionistas, a chapa do SPFC Forte (como é denominada a corrente contrária a Juvenal) está na frente na corrida presidencial. A eleição acontece com os votos de 240 conselheiros, sendo 160 vitalícios e 80 eleitos previamente. A oposição diz ter maioria apertada entre os vitalícios, mas acredita em vitória folgada nos 80 conselheiros eleitos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?