Publicidade

03 de Dezembro de 2013 - 21:06

Por Sanches Filho - Agencia Estado

Compartilhar
 

Falta pouco para Oswaldo de Oliveira ser confirmado como novo treinador do Santos. Depois do fracasso nas tentativas de contratação de nomes como os argentinos Marcelo Bielsa e Gerardo Martino, a lista dos candidatos à sucessão de Claudinei Oliveira (despede-se neste domingo, após o jogo contra o Goiás, pela última rodada do Brasileirão) está reduzida a quatro opções, que serão colocadas em votação na reunião semanal do Comitê de Gestão, prevista para quinta-feira. Oswaldo de Oliveira é o favorito, com Ney Franco, Enderson Moreira e Paulo Autuori na sequência.

Oswaldo de Oliveira foi atendido no pedido de R$ 400 mil mensais de salário e aceita trabalhar com os profissionais que fazem parte da comissão técnica permanente do Santos. Em conversa recente com o presidente em exercício do clube, Odílio Rodrigues Filho, o atual técnico do Botafogo demonstrou entusiasmo com o projeto santista, que estabelece a contratação de pelo menos três jogadores para qualificar o melhor time paulista do Campeonato Brasileiro.

O que conta a favor de Oswaldo de Oliveira é que, por ter sido auxiliar na passagem de Vanderlei Luxemburgo pelo Santos em 1997 e treinador do time entre janeiro e março em 2005, ele conhece bem a estrutura santista, além de, como demonstrou neste ano no Botafogo, dar oportunidade aos jogadores formados na base.

Atualmente, o maior risco de a contratação de Oswaldo de Oliveira não dar certo é se o Botafogo conseguir a classificação para a Libertadores de 2014, após a rodada de domingo do Brasileirão, e ele resolver permanecer no clube carioca na próxima temporada.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você pretende substituir o ovo de Páscoa por outros produtos em função do preço?