Publicidade

07 de Dezembro de 2013 - 00:38

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Ainda sonhando com uma vaga na Libertadores do ano que vem, o Botafogo precisa vencer o Criciúma no domingo e torcer por tropeço de Atlético-PR ou Goiás, duas equipes que também jogam em casa na última rodada do Brasileirão. Mas nem por isso o técnico Oswaldo de Oliveira deixa de alimentar esperança na classificação para a competição continental.

"Há uma expectativa muito grande de todos, estamos muito ligados nisso. Estou contagiado com esse ambiente e querendo muito", afirmou o treinador, em entrevista na tarde desta sexta-feira, após comandar o treino em que encaminhou a equipe para o jogo decisivo de domingo. "Não posso me preocupar com o vizinho do lado, porque nada será benéfico se não vencermos. Vamos jogar e depois procurar saber o que aconteceu."

No jogo de domingo, no Maracanã, o Botafogo deverá ir a campo com Jefferson; Edílson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Gabriel, Renato, Lodeiro e Seedorf; Rafael Marques e Elias (Bruno Mendes).

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?