Publicidade

11 de Dezembro de 2013 - 09:43

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Indiana Pacers voltou a dar uma importante demonstração de força nesta temporada regular da NBA. Atuando em casa, a equipe venceu o Miami Heat por 90 a 84, na rodada desta terça-feira da liga norte-americana de basquete, e abriu vantagem sobre o atual bicampeão da competição na liderança da Conferência Leste.

Com o resultado, a franquia de Indianápolis passou a ostentar 19 vitórias e três derrotas, enquanto o time da Flórida sofreu seu sexto revés em 22 partidas e permanece na vice-liderança. O triunfo desta terça também foi emblemático pelo fato de que pela primeira vez na história da NBA o Pacers venceu todos os seus primeiros 10 jogos em casa em uma temporada.

Para abrir vantagem sobre o Heat, a equipe exibiu um forte jogo físico e teve o pivô Roy Hibbert como cestinha do confronto, com 24 pontos, enquanto David West e Paul George acumularam 17 pontos cada um. Pelo lado do rival, LeBron James não conseguiu mostrar a sua habitual eficiência ofensiva, mas mesmo assim fez um "double-double" de 17 pontos e 14 rebotes. Dwyane Wade, por sua vez, também marcou 17 pontos.

Em outro jogo da rodada desta terça-feira, Anderson Varejão ajudou o Cleveland Cavaliers a bater o New York Knicks por 104 a 94, em casa. O brasileiro entrou em quadra no decorrer do duelo e anotou nove pontos, sete rebotes e cinco assistências. O grande nome deste jogo foi Kyrie Irving, cestinha disparado, com 37 pontos, sendo que ele ainda garantiu um "double-double" ao fazer 11 assistências.

A vitória fez o Cavaliers ficar na nona posição da Conferência Leste e encostar no Chicago Bulls, último time na zona de classificação para os playoffs, que nesta rodada de terça caiu por 78 a 74 diante do Milwaukee Bucks, em casa. Já o Knicks, que teve Carmelo Anthony marcando 29 pontos e apanhando oito rebotes, segue com campanha desastrosa na NBA, na penúltima posição do Leste, com 15 derrotas em 20 duelos.

Outro brasileiro que esteve em quadra nesta rodada de terça foi Vitor Faverani. Ele jogou apenas 4 minutos e 27 segundos pelo Boston Celtics na derrota por 104 a 96 para o Brooklyn Nets, fora de casa, e esteve muito apagado, sem conseguir nenhum ponto, rebote ou assistência.

Já o San Antonio Spurs, desfalcado do brasileiro Tiago Splitter, lesionado, bateu o Toronto Raptors por 116 a 103, no Canadá. Assim, a equipe texana se manteve próxima do líder Portland Trail Blazers na Conferência Oeste, agora com 16 vitórias em 20 partidas, contra 18 triunfos em 22 jogos da franquia do Oregon. Sem Splitter, o Spurs teve como principal destaque o argentino Manu Ginobili, com 16 pontos, cinco rebotes e nove assistências.

Logo atrás do Spurs na Conferência Oeste, na qual também acumula 16 vitórias e quatro derrotas, o Oklahoma City Thunder também venceu nesta rodada de terça-feira. Liderado por Kevin Durant, cestinha do jogo com 30 pontos, derrotou o Atlanta Hawks por 101 a 92, fora de casa.

KOBE PERDE OUTRA - Em seu segundo jogo nesta temporada da NBA, após ter ficado oito meses afastado das quadras por causa de lesão no tendão de Aquiles, Kobe Bryant amargou a sua segunda derrota com o Los Angeles Lakers. O astro chegou a mostrar que está recuperado ao enterrar uma bola em certo momento do duelo com o Phoenix Suns, mas não conseguiu evitar o revés por 114 a 108, em casa.

Como consolo, Bryant mostrou que segue com a mão calibrada ao ser o cestinha da franquia da Califórnia no confronto, com 20 pontos, ficando um à frente do companheiro Pau Gasol. O Suns, porém, teve o esloveno Goran Dragic inspirado. Ele fez 31 pontos e liderou a equipe que ainda contou com Marcus Morris contabilizando 22 pontos.

Cleveland Cavaliers 109 x 94 New York Knicks

Confira os jogos desta quarta-feira:

Charlotte Bobcats x Orlando Magic

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?