Publicidade

09 de Dezembro de 2013 - 16:34

Por Daniela Amorim - Agencia Estado

Compartilhar
 

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmou que divulgará na segunda quinzena de dezembro o novo preço da tarifa de ônibus no município. Paes não quis antecipar a intensidade do aumento e disse que dessa vez ainda não tinha sido procurado pelo governo federal para discutir o reajuste.

Questionado ainda se a nova tarifa de ônibus teria embutido o reajuste que deveria ter ocorrido esse ano, mas que foi cancelado após os protestos que se espalharam por todo o País, o prefeito desconversou. "Você quer saber o valor da nova tarifa, mas eu ainda não vou dizer. A gente tem um modelo matemático, uma equação, que leva em consideração uma série de índices de preços, do IBGE e da Fundação Getúlio Vargas (FGV), e a partir daí a gente calcula a tarifa", explicou.

No início de 2013, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, teria pedido a Paes que postergasse o aumento nas passagens de ônibus, como uma medida para evitar uma alta excessiva na inflação ao consumidor, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A Prefeitura de São Paulo também adiou o reajuste, a pedido da presidente Dilma Rousseff. Quando as tarifas finalmente aumentariam nas duas capitais, no meio do ano, uma onda de protestos fez as autoridades revogarem o reajuste nos transportes em 2013.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?