Publicidade

04 de Dezembro de 2013 - 20:43

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Somente quatro instituições brasileiras estão na lista das cem melhores universidades de países emergentes em levantamento inédito feito pela revista

Outras duas paulistas aparecem no rol: a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em 24.ª, e a Universidade Estadual Paulista (Unesp), em 87ª. A outra brasileira na lista é a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em 60ª O levantamento considera critérios como produção acadêmica, impacto de artigos científicos e presença internacional da universidade.

O continente asiático concentra 70% das instituições da lista. A China tem 23 representantes no Top 100, seguida de Taiwan, com 21, e Índia, com 10. De acordo com a THE, a China se consolida como uma potência na educação superior, que pôs a pesquisa e o ensino universitário como eixos do desenvolvimento econômico.

A América Latina teve participação tímida, com apenas nove universidades, o mesmo número que a África. Além das quatro brasileiras, faculdades de México (2), Chile (2) e Colômbia (1) estão listadas no ranking. Entre as principais economias emergentes, também são citadas a África do Sul (5) e a Rússia (2).

Em outubro, as universidades brasileiras tiveram mau desempenho no ranking mundial de universidades organizado pela

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?