Publicidade

31 de Dezembro de 2013 - 20:13

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O ano de 2014 promete ser histórico para o Palmeiras. No ano em que comemorará um século de vida, o clube alviviverde deverá inaugurar seu novo estádio, o Allianz Parque, que está sendo construído no mesmo terreno onde fica a sede do clube, substituindo o Palestra Itália. A última previsão é que a arena seja inaugurada em junho, antes da Copa.

"O ano de 2014 será muito especial para mim. Estou muito ansioso. Será ótimo para nós termos de volta nossa casa e ficarmos perto do nosso torcedor onde ele mais se sente bem. Sem contar que ser o camisa 10 no centenário é algo gratificante. Sei da minha responsabilidade e vou trabalhar para corresponder em campo", comenta Valdivia.

Em entrevista publicada no site do Palmeiras, o chileno também fez uma análise do que foi, para o clube, o ano de 2013 que se encerra nesta terça-feira. "O balanço de 2013 é positivo. Nosso principal objetivo era voltar para a Série A e voltamos. E voltamos bem, com o título. Era nossa obrigação sim, mas, para alcançar esta meta, trabalhamos muito."

Apesar de uma série de lesões, Valdivia acredita que teve um bom ano. "Pessoalmente também é positivo. Até porque a minha sequência boa aqui fez com que eu pudesse voltar à seleção", afirmou o jogador, que disputou 27 partidas no ano, com quatro gols e dez assistências, segundo os números do Palmeiras.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?