Publicidade

10 de Março de 2014 - 21:50

Por Daniel Batista - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Palmeiras acertou nesta terça-feira a venda do zagueiro Henrique para o Napoli, da Itália. Capitão do time e ídolo da torcida palmeirense, o jogador de 27 anos vai assinar um contrato de quatro anos com o clube italiano.

"Foi um bom negócio para todos os lados. O Henrique não queria sair, mas ofereceram uma proposta de quatro anos para ele e com o Palmeiras tendo lucro na negociação. Acabou sendo um bom negócio para todos os envolvidos", disse o empresário do jogador, Marcos Malaquias.

O Palmeiras conseguiu fechar o acordo por 4 milhões de euros (cerca de R$ 13,2 milhões) - o clube fica com 80% desse valor. A multa rescisória era de 5 milhões de euros, mas a diretoria aceitou a proposta menor por estar irritada com a postura do jogador.

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, resolveu negociar o capitão do time após ele ameaçar entrar na Justiça cobrando R$ 1,1 milhão referente às luvas que não recebeu quando chegou ao clube em 2012, ainda na gestão de Arnaldo Tirone.

No início do ano, Paulo Nobre reuniu os jogadores, admitiu que devia alguns direitos de imagem e outras pendências, mas prometeu pagar tudo e pediu para que ninguém entrasse na Justiça. Mesmo assim, Henrique insistiu em receber o que estava atrasado e chegou a enviar uma notificação extraoficial ao clube.

Irritado, Paulo Nobre pegou parte do pagamento pelo titulo da Série B e usou para quitar o que tinha de atrasado com Henrique, por receio dele conseguir deixar o clube de graça. Mas resolveu que, na primeira oportunidade que tivesse, iria negociá-lo.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o resultado do PIB nos dois últimos trimestres vai interferir no resultado das eleições?