Publicidade

03 de Janeiro de 2014 - 15:37

Por Daniel Batista - Agencia Estado

Compartilhar
 

O atacante Leandro foi uma das ausências mais sentidas na reapresentação do elenco do Palmeiras nesta sexta-feira, na Academia de Futebol. O jogador ainda negocia a renovação de contrato, mas a situação não parece fácil. A diferença no valor do salário oferecido pelo clube e pedido pelo atleta ainda é grande e nos últimos dias o Santos entrou disposto a brigar pelo jogador, que tem os direitos federativos ligados ao Grêmio.

O diretor executivo do Palmeiras, José Carlos Brunoro, diz ainda ter esperança de contar com o jogador, mas admite que se chegar uma proposta de algum clube para contratá-lo, o clube alviverde pode perder a briga.

"Temos a prioridade da compra, mas não exercemos, então ele pode ser vendido para outro clube. Nós exercemos a prioridade de empréstimo, mas ainda falta acertar o salário. Se houver compra, ele sai. Estamos tentando achar uma solução", disse o dirigente.

Quem já deixou o clube por não entrar em acordo sobre o salário foram o zagueiro Vilson e o volante Márcio Araújo. "O Vilson e o Márcio Araújo nós tentamos segurar. Os demais, foi opção técnica", admitiu Brunoro.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?