Publicidade

10 de Dezembro de 2013 - 11:16

Por Francisco Carlos de Assis - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Paraná foi o Estado onde fluxo de veículos pelas praças de pedágios mais cresceu no mês de novembro em relação a outubro. De acordo com a Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) e a Tendências Consultoria Integrada, na comparação do outubro a circulação total de veículos pelas estradas paranaenses pedagiadas cresceu 1,5%, mais que o dobro da média nacional, que foi de 0,6%, de acordo com o Índice ABCR. Na mesma base de comparação, a movimentação dos leves cresceu 2,6% no Estado. Já o de pesados caiu 0,4%.

Comparando-se novembro de 2013 com novembro de 2012, o índice geral cresceu 5,7% no Paraná, o movimento dos leves aumentou 7% e o de pesados, 3,3%. Nos últimos 12 meses, o indicador da ABCR cresceu 4%. O fluxo dos leves subiu 3,8% e o de pesados, 4,5%, no período. No acumulado do ano (janeiro a novembro de 2013 ante janeiro a novembro de 2012), o fluxo total evoluiu 4,0%. Considerando essa mesma base de comparação, o fluxo de leves cresceu 3,4% e o de pesados, 5,1% no Paraná.

Em São Paulo, o fluxo total de veículos aumentou de 0,3% em novembro ante outubro. Os leves subiram 1% e os pesados apresentaram queda de 1,4%. De acordo com a ABCR e com a Tendências, quando comparado novembro de 2013 com novembro de 2012, o índice geral avançou 4,3%, enquanto o movimento dos leves cresceu 6,8% e dos pesados caiu 1,5% no Estado.

Nos últimos 12 meses, o indicador da ABCR cresceu 3,6% em São Paulo. O fluxo de leves evoluiu 4,0% e o de pesados, 2,5%. No acumulado do ano (janeiro a novembro de 2013 ante janeiro a novembro de 2012), o fluxo total subiu 3,7%. Considerando essa mesma base de comparação, o fluxo de leves cresceu 4,0% e o de pesados, 2,9%.

O fluxo total de veículos nas estradas concedidas no Rio de Janeiro registrou crescimento de 0,9% em novembro sobre outubro, considerando os ajustes sazonais. Nesta mesma base de comparação, o movimento dos leves aumentou 1,2% e o de pesados caiu 0,5%. Na comparação com novembro do ano passado, o índice geral cresceu 5,4%. O movimento dos leves mostrou alta de 6,2% e o de pesados, 1,7%, no mesmo período. Nos últimos 12 meses, o indicador da ABCR apresentou crescimento no total geral de 3,1% no Rio. O fluxo de leves aumentou 3,4% e o de pesados, 1,8%. No acumulado do ano (janeiro a novembro de 2013 ante janeiro a novembro de 2012), o fluxo total aumentou 3,0%. Considerando essa mesma base de comparação, o fluxo de leves cresceu 3,2% e o de pesados, 2,2%.

No Rio Grande do Sul, as rodovias concedidas registraram alta de 0,7% no fluxo total de veículos em novembro. O movimento dos leves aumentou 0,8% e o de pesados caiu 1,5%. Em relação a novembro de 2012, o índice geral cresceu 5,4%. O movimento dos veículos leves subiu 5,1% e o de pesados, 6,1%. Nos últimos 12 meses, o indicador da ABCR registrou alta de 5,5% no movimento total de veículos nas estradas gaúchas. O fluxo de leves evoluiu 5,2% e o de pesados, 6,5%. No acumulado do ano (janeiro a novembro de 2013 ante janeiro a novembro de 2012), o fluxo total teve expansão de 5,8%. Considerando essa mesma base de comparação, o fluxo de leves cresceu 5,1% e o de pesados, 8%.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?