Publicidade

02 de Dezembro de 2013 - 20:43

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A situação de Vasco e Fluminense no Campeonato Brasileiro é dramática e o efeito da ameaça iminente de rebaixamento dos dois clubes já começa a afetar a vida particular dos atletas. Nesta segunda-feira, o atacante Rafael Sóbis, do time das Laranjeiras, fez um desabafo. "Está parecendo que matamos alguém. Por isso, estamos evitando até sair de casa", declarou.

Ele disse que nas ruas a reação do torcedor é imprevisível. "Uns incentivam, outros falam demais." O Fluminense ocupa a 18.ª posição na tabela, com 43 pontos. O Vasco é o 17º, com 44. Pelo menos um deles disputará a Série B em 2014.

Mas a possibilidade de o tradicional clássico do futebol carioca ser realizado pela Série B no ano da Copa do Mundo é bastante razoável. Na última rodada, ambos jogam fora de casa. O Fluminense enfrenta o Bahia, no domingo, mesmo dia em que o Vasco pega o Atlético-PR, em Joinville (SC).

O Fluminense resolveu fugir das Laranjeiras nesta segunda, temendo protestos de sua torcida, e foi treinar na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, onde o acesso é restrito.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?