Publicidade

11 de Março de 2014 - 01:36

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O coordenador técnico da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, admite que a condição física de Fred preocupa para a Copa do Mundo. O centroavante do Fluminense, titular absoluto do Brasil com Felipão, teve mais uma contusão muscular na coxa direita confirmada na última sexta-feira. Por isso, não jogou o Fla-Flu de sábado. A previsão oficial é de retorno em 10 dias.

"Esse ciclo de contusões, é claro, preocupa. Se ele se machucar mais uma vez, vai prejudicar até a convocação dele para a Copa. Conversei com o Fred e ele está extremamente preocupado. Ele quer jogar. É importante que ele volte a jogar nos meses de abril e maio e no finzinho de março", explicou Parreira, em entrevista à TV Globo.

A preocupação com o atacante é resultado do seu histórico recente de lesões musculares. No segundo semestre do ano passado, ele ficou cinco meses afastado do futebol por conta de uma grave contusão justamente na coxa direita. De volta nesta temporada, Fred participou de apenas três partidas antes de ser poupado de dois jogos seguintes do Fluminense. A programação previa que ele retornasse justamente contra o Flamengo, mas o novo problema médico impediu.

"A gente ficou muito aborrecido, chateado e triste com essa nova contusão, não tem ainda uma avaliação perfeita. O doutor Runco (o médico da seleção brasileira, José Luis Runco) irá examiná-lo na segunda-feira e nós vamos ter uma noção exata de quanto tempo ele vai precisar para retomar", revelou Parreira, mostrando preocupação com a condição física de Fred.

Titular na conquista do título da Copa das Confederações, em junho do ano passado, o atacante não tem uma sequência de jogos há um bom tempo. Por conta desta nova lesão, Fred deve ficar fora da convocação que Felipão fará nesta terça-feira para o amistoso do dia 5 de março, contra a África de Sul, em Johanesburgo.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da adoção de medidas, como tarifas diferenciadas e descontos, para estimular a redução do consumo de água?