Publicidade

30 de Dezembro de 2013 - 08:19

Por Laura Maia de Castro e Edison Veiga - Agencia Estado

Compartilhar
 

Enquanto a grande maioria dos paulistanos que se aventuram a passar feriadões no litoral chega a perder várias horas nos congestionamentos das estradas, alguns fazem o mesmo percurso em pouco mais de meia hora. A resposta está no bolso: cada vez mais há gente disposta a pagar até R$ 10 mil por trecho para ir da capital ao litoral de helicóptero.

Para literalmente passar por cima das longas filas de carros comuns nas estradas nessa época do ano é preciso desembolsar valores que vão de R$ 1,8 mil a R$ 10 mil por trecho, conforme o destino e a aeronave escolhida. Do Campo de Marte, na zona norte de São Paulo, para a Baixada Santista, por exemplo, leva-se aproximadamente meia hora. Para destinos do litoral norte, como Ilhabela, o tempo estimado é de 1 hora de voo.

Há 15 anos o consultor jurídico Sergio Alcebíades, de 52 anos, vai de helicóptero para o Guarujá. "Já fui de carro para mostrar que não dava, para mostrar o quanto era difícil", diz, rindo. Alcebíades utiliza um pacote mensal de horas de voos de uma empresa de táxi aéreo que custa cerca de R$ 30 mil. O serviço é utilizado pelo consultor em situações de trabalho e lazer ao longo do mês.

Além da Baixada Santista, um dos principais destinos dos voos é Ilhabela, no litoral norte. Jorge Maroum, dono de um dos cinco helipontos privados da cidade, no qual passam cerca de mil aeronaves por ano, diz que a média diária de 80 helicópteros por mês salta para 160 em dezembro e janeiro. "Noventa e cinco por cento dos voos que pousam aqui vêm de São Paulo, enquanto os outros 5% são do Rio de Janeiro e de São José dos Campos." Para ele, o município é procurado por causa dos serviços oferecidos. "O público de helicóptero é triplo A e aqui na ilha, além de praias limpas, há bons restaurantes e hotéis." Colaborou Rodrigo Burgarelli. As informações são do jornal

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?