Publicidade

03 de Dezembro de 2013 - 06:34

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O número de pedidos de auxílio-desemprego feito por trabalhadores na Espanha caiu 2.475 em novembro ante outubro, para um total de 4,8 milhões. Essa foi a primeira queda mensal registrada para o mês de novembro desde que os dados começaram a ser coletados, indicando que o pior na crise do desemprego pode ter ficado para trás.

Os dados divulgados pelo Ministério do Trabalho sustentam as projeções do governo de que a taxa de desemprego da Espanha não deverá crescer muito mais antes de começar a cair no ano que vem.

O Ministério não apresentou uma estimativa para a taxa de desemprego da Espanha. No terceiro trimestre, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) em outubro, a taxa de desemprego permanecia a 26% da força de trabalho. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?