Publicidade

11 de Março de 2014 - 01:52

Por Pedro Venceslau e Ricardo Chapola - Agencia Estado

Compartilhar
 

Dirigentes e deputados do PMDB paulista estão cobrando de Paulo Skaf mais participação em sua pré-campanha e na montagem do núcleo que conduzirá a candidatura. O grupo reclama que o presidente da Fiesp está operando praticamente sozinho e se cercando de auxiliares que não estão na área de influência do partido.

Os peemedebistas gostariam, por exemplo, de serem ouvidos na escolha do marqueteiro da sigla, que, se depender de Skaf, será o publicitário Duda Mendonça. Em uma reunião realizada na última quarta-feira na sede da Fiesp, na capital, os cinco deputados estaduais do PMDB e a cúpula da legenda se queixaram da atuação solitária do pré-candidato.

Ficou definido que Skaf se dividirá entre duas agendas depois do carnaval. Durante a semana seguirá com a rotina de inaugurações do Sesi e Senai; nos fins de semana viajará o interior participando de atividades organizadas pelos diretórios municipais do PMDB, que é presidido no Estado pelo deputado estadual Baleia Rossi. As informações são do jornal

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?